Ramo de Brachyphyllum obesum

R$ 42,00

Em estoque

QR Code

QR Code

Ficha Técnica

Réplica de fóssil escala 1:1

Nome: Brachyphyllum obesum  – Coniferales; Cheirolepidiaceae
Localização: Membro Crato da Formação Santana, Bacia do Araripe (CE, PI, PB – Brasil)
Época/Idade: Cretáceo – 115 milhões de anos
Tamanho: 17 x 11 cm
Material: tbdplaster

Réplica de fóssil cuja produção as cores e dimensões baseadas em um fóssil original. Peça de confecção artesanal, sujeita a possíveis variações de cor.
Crédito da Imagem: Juarez Silva
Orientações para manuseio e conservação de réplicas

Um pouco de sua Biologia.

ADAPTAÇÕES AO AMBIENTE ÁRIDO

A Formação Crato, localizada na bacia do Araripe, Nordeste do Brasil, contém um dos registros fósseis vegetais mais importantes do Cretáceo Inferior. Estes fósseis apresentam excelente estado de preservação, no geral, com pouca fragmentação, órgãos em conexão e estruturas epidérmicas e anatômicas delicadamente substituídas por óxidos de ferro. Como acontecia em todo o Planeta, as gimnospermas eram o grupo vegetal dominante na paleoflora cretácea da Formação Crato, ocorrendo na forma de Bennettitales, Coniferales e Gnetales.

Brachyphyllum obesum é um fóssil representante das Coniferales (coníferas como os pinheiros e as araucáreas). As características morfológicas, epidérmicas e anatômicas presentes nos macrofitofósseis da Formação Crato, evidenciam adaptações a um ambiente de baixa umidade. Esta flora se desenvolveu dentro da Região Equatorial, numa área intracontinental sob condições climáticas áridas e semi-áridas.

Pesquisas recentes indicam que esse grupo representa mais uma testemunha da união de dois super continentes, Laurasia e Gondwana. Veja a divulgação na Revista Fapesp.

Imagem de fóssil original de Brachyphyllum obesum como referência.

Esta imagem representa um espécime de Brachyphyllum obesum original. Perceba suas cores e textura, e compare com a réplica que produzimos. A equipe do PaleoLab tem como foco produzir réplicas com as características das peças originais, imprimindo a elas qualidade e contribuindo para a divulgação científica sobre temas relacionados à Paleontologia.

Você também pode gostar de…