Mandíbula de alce: Megaloceros giganteus

R$ 237,60

QR Code

QR Code

Ficha Técnica

Réplica de fóssil escala 1:1

Nome: Mandíbula com 4 molares de Megalocerus giganteus
Família: Cervidae
Localização: leito do Mar do Norte – Europa
Período/Idade: 40.000 anos
Tamanho: 21 x 2,5 x 7 cm
Material: tbdplaster

Réplica de fóssil cuja produção as cores e dimensões baseadas em um fóssil original. Peça de confecção artesanal, sujeita a possíveis variações de cor.
Crédito da Imagem: Juarez Silva
Orientações para manuseio e conservação de réplicas

Um pouco de sua Biologia.

EXTINTOS PELO ESPÉCIE HUMANA?

Megaloceros giganteus é uma das maiores espécies de veado que já viveu. Sua distribuição se estendia por toda Eurásia durante o Pleistoceno, desde onde atualmente é a Irlanda até a China. O adulto desta espécie podia chegar até 2,1 metros de altura e chegava a pesar entre 540 a 600 kg.

Sua extinção pode ter ocorrido devido as mudanças climáticas súbitas em sua zona de ocorrência, porém outras hipóteses sugerem que a caça humana da época foi um fator contribuinte para a extinção desta espécie.

No entanto, o registro mais recente de M. giganteus  foi encontrado no norte da Sibéria, datado aproximadamente em 7.700 anos atrás, um bom tempo depois do final do último período glacial.

Imagem de fóssil original de Megaloceros giganteus como referência.

Esta imagem representa um espécime de Acanthocera original. Perceba suas cores e textura, e compare com a réplica que produzimos. A equipe do PaleoLab tem como foco produzir réplicas com as características das peças originais, imprimindo a elas qualidade e contribuindo para a divulgação científica sobre temas relacionados à Paleontologia.

Você também pode gostar de…